(51) 99573.7380

VIII Congresso Internacional Revisitando o Direito Público

Há hoje uma ilusão de que se você não é o rei das redes sociais, se não está sempre lacrando, é porque não trabalha. Nada mais equivocado. É fora das telinhas e longe dos likes que tudo acontece. A população tem de cobrar RESULTADOS dos seus representantes, não engajamento on-line.

Por outro lado, não podemos nos esconder. As redes fazem o ótimo serviço de aproximar representantes e representados, de permitir que as pessoas acompanhem de cima o trabalho de quem elegeu.

Como sempre, a palavra-chave é equilíbrio. Foi sobre isso que falei nesta manhã de sexta no VIII Congresso Internacional Revisitando o Direito Público, promovido pela Escola Superior de Advocacia Pública da Associação dos Procuradores do Estado do RS (Esapergs), em Porto Alegre.

Compartilhe:
Comentários: